top of page
  • vitoriamartins3

Procura-se proteína no prato

A proteína vem sendo substituída por alimentos processados e têm causado impactos negativos na alimentação brasileira

Por: Vitoria Martins

Em um Brasil que o custo de vida está cada vez maior, com salários que não acompanham esse aumento e altos níveis de desemprego, verduras, legumes e carnes sumiram dos pratos das camadas mais baixas da sociedade.

E um dos componentes mais essenciais de uma alimentação saudável e que mais sofreu com o aumento dos preços nos últimos anos, foi a proteína.

As principais fontes de proteína incluem carnes magras, peixes, aves, laticínios, feijão, nozes e sementes. Alimentos que Clarinha, uma das várias crianças que atendemos diariamente, e que você já deve ter conhecido pelas nossas redes sociais, viu sumir de seu prato ao longo dos últimos anos.

Importância de uma alimentação saudável

A proteína é um nutriente essencial para o nosso corpo, pois é a principal fonte de material de construção para nossos músculos, pele, unhas, cabelos e órgãos. Além de serem importantes para a produção de enzimas, hormônios e anticorpos, que ajudam a proteger o nosso corpo contra doenças e infecções.

Entretanto, essas fontes de proteína foram gradualmente substituídas por alimentos processados e ultraprocessados.

Tais alimentos tendem a ser mais convenientes, baratos e fáceis de preparar, o que os torna atraentes para pessoas com horários ocupados, sem acesso a mantimentos mais saudáveis e com orçamentos apertados.

Como tendem a ser ricos em açúcares, gorduras e sal, consequentemente são pobres em nutrientes essenciais, o que pode levar a desequilíbrios nutricionais a longo prazo. O consumo excessivo de alimentos processados pode ter efeitos negativos na saúde como: obesidade, doenças cardíacas, diabetes.

Para vencermos as estruturas da fome, a defesa dos direitos sociais, redistribuição de renda, valorização do salário mínimo são de suma importância para garantir o mínimo de proteção social e alimentar aos mais vulneráveis.

A luta para reverter essa situação, e devolver a carne ao prato de Clarinha e dos demais milhões de brasileiros que se encontram em algum nível de insegurança alimentar, não será fácil e muito menos rápida.

E, enquanto não conseguimos realizar isso, as refeições que servimos se tornam ainda mais importantes.


Combate à Fome

A realidade da fome é dura, e enfrentamos ela de maneira combativa diariamente. Entre as nossas frentes de trabalho, a distribuição de refeições se destaca, sendo 4 mil por dia, um número que está em constante aumento e evolução.

A luta pela alimentação não se restringe apenas em servir qualquer comida à quem sente fome. Mas sim garantir acesso à alimentos de qualidade e nutritivos, fornecendo saúde e bem-estar à população mais vulnerável.

Entretanto, os nossos estoques de proteína estão baixos, por isso, lançamos a campanha ‘Servimos saúde, Doe proteína’. Todo dinheiro doado por essa iniciativa, será destinado à compra de carnes e sementes ricas nesse nutriente, para continuar servindo refeições dignas à Clarinha e às demais pessoas que atendemos.

Quer saber mais sobre a Fome no Brasil? Veja também:

O SEFRAS

O Sefras é uma organização humanitária que luta todos os dias no combate à fome, a violações de direitos e inserção econômica e social de populações extremamente vulneráveis: pessoas em situação de rua, crianças pobres, imigrantes e refugiados, idosos sozinhos e pessoas acometidas pela hanseníase.

Guiados pelos valores franciscanos de Acolher, Cuidar e Defender, atua pelo Brasil atendendo mais de 4 mil pessoas todos os dias. São serviços diários que promovem apoio social e jurídico para população em situação de rua, acolhimento e inclusão social de imigrantes, contraturno escolar para crianças e adolescentes, convivência e proteção de idosos, além de ações de defesa dos direitos e melhoria de políticas públicas voltadas a esses grupos.

Para ajudar quem tem fome na cidade de São Paulo e do Rio de Janeiro, o Sefras atua distribuindo mais de 4 mil refeições diariamente, além de distribuir cestas básicas, itens de higiene, cobertores e roupas de frio.

Você pode ajudar nosso trabalho doando itens , em São Paulo, no Chá do Padre, na Rua Riachuelo, 268 – Centro. Tel: (11) 3105-1623 e no Rio de Janeiro na Tenda Franciscana no Largo da Carioca, s/ n, Centro.

Você também pode doar qualquer quantia pelo nosso site ou pelo pix: sefras@sefras.org.br.



82 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page