• Equipe SEFRAS - Ação Social Franciscana

Sefras e Museu Catavento por um mundo com mais cultura

O Sefras – Ação Social Franciscana – fez uma parceria com o Museu Catavento, que é  um Museu de Ciências no Centro de São Paulo. O objetivo da parceria é levar cultura, informação e lazer aos atendidos nos serviços do Sefas. 

O museólogo Cauê Donato explicou que com a parceria com o Sefras pretende dar aos assistidos um lugar de pertencimento, isso porque pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade, geralmente, não se sentem confortáveis em estar em lugares de cultura e lazer, como museus, teatros e cinemas. 

Existe uma impressão errada de que esses espaços são destinados a pessoas “elitizadas”, ou seja, com um poder aquisitivo maior, o que não é verdade. Como Cauê mesmo lembra, “a cultura é um direito de todos”. Direito esse, inclusive, escrito na Constituição Federal de 1988 que diz:

“Art. 215. O Estado garantirá a todos o pleno exercício dos direitos culturais e acesso às fontes da cultura nacional, e apoiará e incentivará a valorização e a difusão das manifestações culturais.”

A partir disso, o Sefras e o Museu Catavento decidiram se unir para entregar o espaço à população, que é a quem ele pertence. 

Catavento Acessível 

Segundo Jéssica Dezuani, responsável pelo Núcleo Catavento Acessível, integrar crianças e pessoas idosas com o museu é uma forma de acessibilizar a cultura a todos aqueles que passam pelo museu, mas não entram nele. 

O Núcleo Catavento Acessível propõe e viabiliza ações inclusivas aos diversos tipos de públicos que o Museu recebe, por meio da eliminação de barreiras físicas, pedagógicas, comunicacionais e de informação que restringem a participação e desenvolvimento social.

A equipe do núcleo é capacitada para acolher grupos de atendimentos específicos, como educação infantil, professores, idosos, pessoas em vulnerabilidade social, jovens e adultos e pessoas com deficiências. Além disso, o núcleo é responsável por aplicar treinamentos e formações para os monitores, para que todos estejam aptos a atender todos os públicos que visitam o equipamento cultural, utilizando recursos cognitivos que auxiliam na fixação do conteúdo.

Além das visitas ao museu, a parceria também disponibiliza rodas de conversa e oficinas nos núcleos de convivência do Sefras, levando não apenas as pessoas ao saber científico, mas trazendo a ciência para perto das pessoas. 

O Museu 

O Museu Catavento, museu de ciência e tecnologia da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, foi inaugurado em março de 2009 com a missão de aproximar crianças, jovens e adultos do mundo científico, despertar a curiosidade e transmitir conhecimentos básicos e valores sociais, por meio de exposições interativas e atraentes, com linguagem simples e acessível.

Do átomo ao maior planeta do sistema solar; do menor inseto aos maiores animais da terra; das leis da física às transformações químicas; do ecossistema à questão da proteção ambiental. Tudo apresentado de forma interativa para fazer da visita uma prazerosa viagem ao conhecimento e à cultura.

Possui 219 instalações, em 12 mil metros quadrados de área expositiva, divididas em quatro grandes seções: Universo, Vida, Engenho e Sociedade. Com exposições com ideias simples ou complexas, como: reproduzir o chão da lua com a pisada do astronauta Neil Armstrong, viajar pelo Brasil na época dos dinossauros; compreender como funciona a eletricidade estática que faz os cabelos ficarem em pé ou fazer uma escalada enquanto conhece grandes personalidades da história.

6 milhões de visitantes já foram atendidos pelo museu que está localizado em um dos edifícios históricos mais importantes da cidade de São Paulo, o Palácio das Indústrias. Inaugurado em 1924, originalmente como local de exposições, o Palácio teve ao longo de sua história diversos outros usos, retomando sua finalidade original com a implantação do Museu Catavento.

A Catavento Cultural e Educacional é a Organização Social de Cultura responsável pela gestão do Museu Catavento, através do contrato de gestão nº 02/2017, firmado com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, por meio da Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico, desde dezembro de 2017, com vigência até novembro de 2022. A organização é responsável ainda pela gestão de 5 Fábricas de Cultura da zona leste.

O Sefras 

O SEFRAS é uma organização humanitária que luta todos os dias no combate à fome, a violações de direitos e inserção econômica e social de populações extremamente vulneráveis: pessoas em situação de rua, crianças pobres, imigrantes e refugiados, idosos sozinhos e pessoas acometidas pela hanseníase. Guiados pelos valores franciscanos de Acolher, Cuidar e Defender, atende mais de 4 mil pessoas todos os dias no Brasil. Seus serviços diários promovem apoio social e jurídico para população em situação de rua, acolhimento e inclusão social de imigrantes, contraturno escolar para crianças e adolescentes, convivência e proteção de idosos, além de ações de defesa dos direitos e melhoria de políticas públicas voltadas a esses grupos. 

Para ajudar quem tem fome na cidade de São Paulo e do Rio de Janeiro, o Sefras atua distribuindo mais de 2 mil refeições diariamente, além de distribuir cestas básicas, itens de higiene e cobertores e roupas de frio. 

Faça parte dessa corrente de solidariedade doando itens , em São Paulo, no Chá do Padre, na Rua Riachuelo, 268 – Centro. Tel: (11) 3105-1623 e no Rio de Janeiro na Tenda Franciscana no Largo da Carioca, s/ n, Centro. 

Você também pode doar qualquer quantia pelo nosso site ou pelo pix: sefras@sefras.org.br.

5 visualizações0 comentário