top of page
  • Foto do escritorMelissa Galdino

Sefras realiza mutirão de Cidadania para Imigrantes e Refugiados


No último sábado, 25 de maio, o CEU Jambeiro em Guaianases foi palco da terceira edição da Ação Cidadania para Imigrantes & Refugiados, organizada pela equipe do Sefras, Ação Social Franciscana, que levou para as ruas o CRAI Móvel. O CRAI Móvel foi criado para atuar de forma desterritorializada, garantindo que os direitos da população imigrante sejam respeitados, proporcionando atendimento e apoio onde quer que estejam.





A Diretoria Regional de Educação de Guaianases (DRE) e a Organização Internacional para as Migrações também fizeram parte da organização e estavam presentes no mutirão, junto com a Cruz Vermelha, a UBS local, o CONARE, o Centro de Direitos Humanos e Cidadania do Imigrante (CDHIC) e o Consulado da Bolívia.


O evento reuniu uma ampla participação de imigrantes e refugiados em busca de assistência especializada e gratuita. A maioria dos atendidos eram bolivianos e haitianos, refletindo a diversidade da comunidade migrante na região. Foram mais de 200 pessoas atendidas pelo Sefras.





"Estarmos aqui hoje não é apenas oferecer serviços, mas é estender a mão para aqueles que precisam de apoio e mostrar que eles não estão sozinhos nesta jornada de integração e reconstrução de suas vidas", diz Elaine Tolleto, assistente social do CRAI - Centro de Referência e Atendimento para Imigrantes, sobre o mutirão. "Acreditamos que cada pessoa merece uma chance justa de reconstruir sua vida com dignidade e segurança", completa.


Importância de Ações como Essa na Cidade


A realização de ações de cidadania voltadas para imigrantes e refugiados é fundamental para garantir sua integração e o acesso a direitos básicos em suas novas comunidades. Eventos como a Ação Cidadania para Imigrantes & Refugiados não apenas oferecem assistência prática, como também promovem a inclusão social e fortalecem os laços de solidariedade na cidade. Além disso, essas iniciativas ajudam a conscientizar a população sobre as necessidades e desafios enfrentados pelos imigrantes e refugiados, contribuindo para a construção de uma sociedade mais acolhedora e plural.




"A presença de serviços essenciais aqui hoje é um testemunho do nosso compromisso com a igualdade e a justiça social", acrescenta Elaine Tolleto. "Queremos que todos saibam que estamos aqui para apoiar cada passo do caminho."


Foram oferecidos diversos serviços como regularização migratória, assistência jurídica, acesso à educação, saúde, autorizações de residência, solicitação de CPF, emissão de Carteira de Trabalho, orientações sobre naturalização, solicitação de refúgio, orientação sobre empregabilidade, elaboração de currículos, cursos, vacinação, medição de pressão, medição de glicose, testes rápidos, CadÚnico e serviços de restabelecimento de laços familiares. Esses eventos desempenham um papel crucial na promoção da igualdade de oportunidades e na garantia da dignidade de todos os cidadãos, independentemente de sua origem ou status migratório.


 Sobre o Centro de Referência e Atendimento para Imigrantes (CRAI)


O Centro de Referência e Atendimento para Imigrantes (CRAI) é um serviço especializado que oferece suporte integral à população imigrante, incluindo orientação jurídica, apoio psicológico, assistência social e acesso a serviços básicos. O CRAI Móvel é uma extensão desse serviço, levando a estrutura e os atendimentos do CRAI para diferentes regiões, facilitando o acesso dos imigrantes aos serviços essenciais sem que precisem se deslocar grandes distâncias. Essa atuação desterritorializada assegura que os direitos dos imigrantes sejam respeitados e que eles recebam o apoio necessário em sua jornada de integração.



19 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page